Como pagar as faturas em dia e não ficar endividado

Abaixo preparei um passo a passo de como fazer para realizar a quitação das suas dívidas, bem como saber como efetuar a quitaçção das suas faturas em dia.

01 Saiba quem e quanto você deve

Faça uma lista de seus débitos, incluindo o credor, valor total da dívida, pagamento mensal e data de vencimento. Você pode usar seu relatório de crédito para confirmar as dívidas da sua lista. Ter todas as dívidas na frente de você permitirá que você veja a foto maior e fique ciente de sua imagem de dívida completa.

Não apenas crie sua lista e esqueça. Consulte a sua lista de dívida periodicamente, especialmente ao pagar as contas. Atualize sua lista a cada poucos meses, à medida que o valor da sua dívida muda.

02 Pague suas contas a tempo todo mês

Os pagamentos em atraso dificultam o pagamento da dívida, pois você terá que pagar uma multa por atraso para cada pagamento que perder. Se você perder dois pagamentos consecutivos, sua taxa de juros e encargos financeiros aumentarão.

Se você usa um sistema de calendário no seu computador ou smartphone, insira seus pagamentos e defina um alerta para lembrá-lo vários dias antes do vencimento do pagamento. Tinha me esquecido recentemente de pagar a Ituran 2 via  e me atrapalhei todo depois para atualizar e nesse momento eu fiquei muito prejudicado com o acrécimo dos juros.

Se você perder um pagamento, não espere até a próxima data de vencimento para enviar seu pagamento. Até lá, ele poderá ser denunciado a um departamento de crédito. Em vez disso, envie seu pagamento assim que lembrar.

Dicas para lembrar suas datas de vencimento

03 Crie um calendário de pagamento de fatura mensal.

Use um calendário de pagamento de contas para ajudá-lo a descobrir quais contas pagar com o cheque de pagamento. No seu calendário, escreva o valor do pagamento de cada fatura ao lado da data de vencimento. Em seguida, preencha a data de cada contracheque. Se você receber o pagamento nos mesmos dias todos os meses, como no 1º e no 15º, poderá usar o mesmo calendário mensalmente. Mas, se os seus contracheques caírem em dias diferentes do mês, ajudaria a criar um novo calendário para cada mês.

04 Faça pelo menos o pagamento mínimo.

Se você não puder pagar mais, pelo menos, faça o pagamento mínimo. É claro que o pagamento mínimo não ajuda você a obter um progresso real no pagamento de sua dívida. Mas, ele impede que sua dívida cresça e mantém sua conta em situação regular. Quando você perde pagamentos, fica mais difícil recuperar o atraso e, eventualmente, suas contas podem entrar em default.

05 Decida quais dívidas devem ser pagas primeiro.

Pagar a dívida do cartão de crédito primeiro é muitas vezes a melhor estratégia, porque os cartões de crédito têm taxas de juros mais altas do que outras dívidas. De todos os seus cartões de crédito, aquele com a maior taxa de juros geralmente recebe prioridade no reembolso, porque está custando mais dinheiro.

Use sua lista de dívida para priorizar e classificar suas dívidas na ordem em que você deseja pagá-las. Você também pode optar por pagar a dívida com o saldo mais baixo primeiro.

Priorizando suas dívidas

06 Pagar as cobranças e baixas.

Você só pode pagar tanto em sua dívida como você pode pagar. Quando você tem fundos limitados para pagar dívidas, concentre-se em manter suas outras contas em situação regular. Não sacrifique suas contas positivas por aquelas que já afetaram seu crédito. Em vez disso, pague essas contas vencidas quando puder fazer isso.

Esteja ciente de que seus credores continuarão os esforços de cobrança na sua conta até que você atualize a conta.

Táticas para pagamento de coleções

07 Use um fundo de emergência para voltar a usar.

Sem acesso à poupança, você teria que se endividar para cobrir uma despesa de emergência. Mesmo um pequeno fundo de emergência cobrirá pequenas despesas que surgem de vez em quando.

Primeiro, trabalhe para criar um pequeno fundo de emergência – US $ 1 mil é um bom lugar para começar. Depois de ter isso, crie o objetivo de criar um fundo maior, como US $ 2.000. Eventualmente, você quer construir uma reserva de seis meses de despesas.

08 Use um orçamento mensal para planejar suas despesas.

Manter um orçamento ajuda a garantir que você tenha dinheiro suficiente para cobrir suas despesas mensais. Planeje com antecedência suficiente e você pode tomar medidas antecipadas se parecer que você não terá dinheiro suficiente para suas contas neste mês ou no próximo. Um orçamento também ajuda você a planejar gastar qualquer dinheiro extra que você tenha sobrado depois que as despesas forem cobertas. Você pode usar esse dinheiro extra para pagar as dívidas mais rapidamente.

Planilhas orçamentárias mensais

09 Reconheça os sinais de que você precisa de ajuda.

Se você acha difícil pagar suas dívidas e outras contas a cada mês, você pode precisar de ajuda de uma empresa de alívio da dívida, como uma agência de aconselhamento de crédito. Outras opções para alívio da dívida são a consolidação da dívida, a liquidação da dívida e a falência. Todos eles têm vantagens e desvantagens, por isso, pesem suas opções com cuidado.

Fonte: http://fatura.blog.br/

Esta entrada foi publicada em Dicas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.