Vila Velha – Paraná

Deixe o parque de Vila Velha surpreendê-lo e descubra como visitar e o que você pode fazer em um dos lugares mais emblemáticos do Paraná!

Se você é do Paraná, em algum momento nas aulas você já ouviu falar algo do Parque Estadual de Vila Velha e formações rochosas incomuns, como a famosa Taça.

Mas nem todo mundo sabe como chegar ao local, o que é nem o que fazer por lá. Pensando em facilitar seu passeio a Vila Velha, construímos este post.

Então, nas próximas férias que tal um passeio diferente e impressionante, basta ver essas dicas e ir ao parque com sua família ou amigos.

vilha velha paraná

vilha velha paraná

Como chegar?

Ao contrário do que muitos pensam, o Parque Estadual Vilha Velha não fica em Curitiba, e sim em Ponta Grossa.

Se você estiver indo de carro, é necessário pegar a BR 376 e usar o acesso do quilômetro 28. Se você for de ônibus, é possível pegar a linha Vila Velha, no Terminal Talleres (PG), e descer no parque.

Parque-Estadual-Vila-Velha-Ponta-Grossa-Parana-Arenitos-17

Parque-Estadual-Vila-Velha-Ponta-Grossa-Parana-Arenitos-17

O que você verá por lá?

Você encontrará formações rochosas de maneiras diferentes, é claro. Mas tem mais! Para começar, você encontrará uma loja de presentes, restaurantes próximos, vestiários e uma estrutura feita para facilitar sua viagem, o que é sempre prático.

Além disso, o Parque Estadual de Vila Velha é dividido em três Unidades de Conservação.

As mais populares são as formações de faiança, que foram transformadas em diferentes “esculturas”, como a Copa, o Camelo, entre outras.

Há também Furnas, que consiste em crateras com muitas plantas e folheado subterrâneo.

Finalmente, há a lagoa dourada que, como o nome já indica, é uma lagoa famosa pela sua coloração da tarde. Para desfrutar de todas essas belezas naturais, você tem a opção de seguir o caminho convencional, mas também há o passeio noturno, a bicicleta e a rota de Fortaleza a 16 km. Todas as alternativas geralmente ocorrem uma vez por mês, com uma data agendada.

O que saber para visitar?


O Parque Estadual de Vila Velha teve um bom tempo aberto para visitas sem guias. No entanto, o Instituto Paranaense do Meio Ambiente (IAP) relatou vários casos de depredação de monumentos históricos e comportamentos de arriscados, como pessoas subindo nas formações rochosas.

Diante disso, agora é necessário seguir um guia, que custa R $ 10 por pessoa. Além disso, existem os seguintes padrões:

  • Visitas limitadas a 800 pessoas por dia (em dias de sol, é aconselhável chegar antes do almoço).
  • Grupos de mais de 15 pessoas devem reservar com antecedência de 10 dias.
  • Sexta, sábado, domingo e feriados: admissão apenas com guia e até às 15:30.
  • Segundas, quartas e quintas-feiras: visitas apenas com agendamento.

Deve ser lembrado que estas regras visam a segurança dos visitantes e a preservação do parque. Então você tem que segui-las com cuidado!

Gostou de saber sobre mais esse atrativo do Paraná? Então não perca tempo e visite a página do nosso parceiro que é especializado nos destinos paranaenses, o Day Off Club, que além de um clube de descontos tem um blog repleto de dicas para os amantes de viagens e aventuras, confere lá: www.dayoffclub.com.br/.

Esta entrada foi publicada em Blogging. Adicione o link permanente aos seus favoritos.